segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Mensagem de Natal

O Natal representa o renascimento da humanidade pela vida de Cristo. Independente da religião, todos os cristãos devem refletir sobre o que tem feito para dar continuidade ao que Jesus veio fazer: unir o mundo.

Ao contrário de todo ódio, de todo separatismo que alguns pregam, eu gostaria de pedir o respeito àquela mensagem bíblica:

Amar ao teu próximo como a ti mesmo


porque o respeito mútuo é a fonte de toda boa convivência no nosso lar, no nosso trabalho e até em escala global entre as diferentes nações.

A disseminação do ódio, do desejo de ser superior, faz com que alguns países travem guerras malditas, em nome de algo que não se justifica, matando pessoas inocentes. Esse mesmo mal vem à tona dentro de nosso país, nas nossas proximidades, quando incitamos a violência contra nossos semelhantes que, por algum motivo, nos são diferentes... A não aceitação, o não respeito às diferenças nos cria tormentos que vão de encontro com nosso pensamento cristão: enquanto aprendemos a semear o amor, alguns agem contraditoriamente semeando a violência. Outros, hipocritamente, agem com intolerância, enquanto pregam um discurso de amor em Cristo.

Devemos abrir nossa janela e enxergar além do espelho: o espelho nos reflete, nos dá uma visão limitada do que está à nossa volta, enquanto a janela nos dá a visão do mundo, do externo a nós mesmos, de todas as possibilidades.

Desejo que este Natal de 2010 seja pleno de paz, amor, tolerância, respeito às diferenças.

Desejo que, indepentemente da visão política, da crença religiosa (ou da não crença), da orientação sexual, da cor de cabelo, da etnia, que todos sejamos abençoados pela fonte de toda vida: Deus!

Feliz Natal e ótimo Ano Novo a vocês, amig@s!


"ano novo
anos buscando
um ânimo novo" 
(Paulo Leminski)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas