segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Da alegria e da primavera

Depois de ter seu sorriso gravado em mim, tudo o mais é de cor alegre. O sempre pensar que sua risada salva meu dia, mesmo que no fim do pôr-do-sol, é o que me deixa viver toda tormenta que se apresenta.

As flores não são mais da primavera, elas desabrocham a qualquer tempo, no meio da noite, interrompem o soluço do choro estrondoso... Mas as flores não são mais da primavera, e nem sempre trazem uma alegria quando se abrem.
Conheci seu sorriso, que se mostra não a qualquer tempo, mas a todo tempo. O brilho do seu olhar contamina seus dentes e se irradia em mim. Você tem esse poder de primavera. Espero que agora isso dure em todas as estações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas