domingo, 24 de fevereiro de 2013

Entre os sentidos



Entre os sabores do beijo, da boca, da língua há uma busca pelo desejo de ter o outro dentro de mim

Entre os dedos e a palma das mãos há um toque que me arrepia, uma apalpada que me convida

Entre os corpos suados não há espaço nenhum; as gotas que escorrem devem se misturar

Entre os olhos e as curvas que vejo não há tempo para piscar nem perder alguns gestos

Entre o cheiro do perfume e da pele há uma possibilidade de novas experiências

Entre os sons de gemido e os movimentos há espaço para um eu te amo

Entre sentidos e sentimentos há quem goste do prazer

Entre tudo que já falei fica minha vontade

Entre todos, uma pessoa

Você

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas