sábado, 14 de agosto de 2010

A morte me dilacera

Hoje foi um dia difícil. Os últimos dias tem sido difíceis...
É horrível quando perdemos. A morte é sempre avassaladora, dilacerante. É como que se uma parte de nós também morresse.
É triste a cena. Sentados, olhando pro silêncio. Lembrando da vida que existia; lágrimas que correm; soluços de choro. Dá um desespero, parece. E agora? Como lidar com a perda, com a morte? Ainda não sei, mas é preciso seguir e descobrir como será o amanhã.
Hoje passei o dia velando, quase que em silêncio de palavras, e chorando...
Hoje é o dia em que meu namoro morreu.

Um comentário:

  1. O amor acaba de repente...sem explicações. A morte sempre é uma especie de recomeço.
    Seu texto é carregado de emoções, vida! Assim somos nós...E continuamos a caminhar. Sempre juntos!
    O tempo cura tudo. O tempo é o senhor do universo.
    Te amo

    ResponderExcluir

Páginas