terça-feira, 28 de setembro de 2010

Vazio significante

Nada útil me vem na cabeça. Nada pra dizer. Nenhum pensamento sequer. Nem o fútil me movimenta. Nem isso. Todo vazio está aqui. Todo o nada que diz tudo. Aquele vazio significante. Aquela falta do que faz falta. A saudade do que está ausente. A ausência que se percebe. Mas onde está essa coisa que me faz pensar isso tudo? Antes, o que é isso? Sinto uma vergonha por não conseguir dizer. Mas eu sinto (mesmo que seja o vazio), só não consigo dizer. Não sou covarde por não dizer. Seria se sequer desejasse, pensasse, quisesse. Só não digo. Porque não quero, porque tenho medo, porque sou covarde. Pelo menos agora eu já penso algo: há o vazio em mim!

Um comentário:

  1. O vazio tem som...tem gosto e cheiro. Ou seja ainda é uma palavra q precisa de tradução. Lindo texto, amiguxo!
    Te amo...Poeta!

    ResponderExcluir

Páginas