domingo, 16 de janeiro de 2011

Se eu pudesse...

Se eu pudesse, jogaria tudo fora. Atiraria tudo pela janela, pela porta, jogaria no lixo.
Se eu pudesse, não deixaria isso se repetir todos os dias, fugiria dessa rotina horrorosa, dessa (des)esperança de um amanhã lindo... Quanta bobagem acreditar em contos de fadas...
Se eu pudesse, perguntaria pra Deus o porquê dos humanos insistirem nas ilusões de que tudo está bem, ou de que tudo terminará bem. Quem garante isso?
Se eu pudesse, daria um tapa na cara daquele babaca que um dia me disse desaforos na escola, que me deixou pra baixo e me fez ser triste, ainda que por um momento.
Se eu pudesse, socaria aqueles idiotas que gritam tanta mentira na televisão.
Se eu pudesse, pegaria todo o dinheiro que se junta nas poupanças, nos colchões, nas igrejas, nas esquinas dos semáforos, no caixa 2 que existe por aí, e daria tudo pros pobres.
Se eu pudesse, pegaria todo ouro que há nas igrejas do Vaticano e venderia pra fazer a campanha da fraternidade de 2011.
Se eu pudesse, nasceria de novo para não acreditar no que acredito, ou para acreditar no que não acredito.
Se eu pudesse, mas há algo maior que eu, há algo que me impede...
Se eu pudesse, não haveria essa condicional, não seria subjuntivo: eu posso, no indicativo...
Se eu pudesse, mas não posso fazer tudo!

3 comentários:

  1. Hum...profundo, mas acho que não concordo com tudo. Quer dizer quem sou eu para dizer isso de alguem que não conheço, mas peço licença...
    Seria bom mesmo sair dessa rotina que move o mundo, esse padrão que a gente tem que seguir todos os dias, e muitas vezes não sair feliz dele. E continuamos com isso pq acreditamos que um dia isso vai mudar? Acho que não né. Esperança? Acho que traduzimos errado essa palavra muitas vezes, ou melhor, nos decepcionamos com ela, mas acho que a melhor forma disso não acontecer seria assumir riscos.
    Nada melhor do que pular de cabeça em algumas situações, sem medo do que possa acontecer, claro, pular de cabeça as vezes pode doer no final e vc sair machucado, mas quem sabe chegar lá em cima e pular, apenas confiar na sua intuição de que tudo vai ficar bem. hehehe. Loucura? hum...um pouco né...rs.
    Se eu pudesse...hum, acho melhor eu posso, se eu pudesse não tem graça, mas oq te impede? O medo? Pra mim, sim, o medo me impede de muita coisa, e algumas delas me arrependi de não ter feito, então superar o medo seria um otimo começo rs. Por isso resolvi em encarar a vida com duas simples palavras "NO REGRETS", radical de mais? Sim, mas é melhor viver cada momento intensamente, do que deixar passar as oportunidades, nem que sejam pequenas. Se arrisque, se vc cair, pode ter certeza, alguem vai estar lá para te ajudar a levantar, independente de quem seja.
    Falei de mais né, viajei um pouco...rs, sei la, foi mal...rs. Ate mais, se cuida.

    ResponderExcluir
  2. olá, dsouza.
    Sim, sou medroso às vezes; mas como já reconheceu minha amiga Dani, sou mto corajoso pra tanta coisa...
    como posso ter certeza de que alguém estará lá pra me levantar qdo eu cair?
    Sim, pular de cabeça sem pensar mto é algo bom. mtas vezes faço isso; outras, não. Afinal, não preciso seguir um padrão de comportamento - nem mesmo um padrão meu de comportamento rs
    Obrigado pela sua visita. Volte sempre.

    ResponderExcluir
  3. Ai...esse me levou às lágrimas....Se eu pudesse ser eu...bastaria!

    ResponderExcluir

Páginas