terça-feira, 19 de abril de 2011

Aqui

Quero desfazer o tempo. Quero desfazer as luzes do caminho. Quero caminhar apenas com a iluminação do coração, quero seguir a trilha da emoção, sem pensar muito. Quero esquecer que teve um ontem e que hoje é apenas um momento. Deixar pra trás a ideia do amanhã - aquele que a gente sonha ser melhor... Quero apenas confiar no meu instinto humano (como se fosse fácil ser humano, tão cheio de contradições, mudanças, vontades, sentimentos, frustrações, sonhos) e na parte mais humana de mim: me derreter diante de um belo sorriso e de um quente abraço, porque sentir um calor humano é um destaque bom no meio de tanta frieza que pode nos envolver por aí. Quero um amor - não vou dizer um amor pra sempre, porque eu já desfiz o tempo... - que me acompanhe no caminhar com a luz do coração; mais que isso, quero um amor que me ilumine ele mesmo, a ponto de unir os corações e formar uma luz resplandecente, gigante! Quero um amor que me desafie, que me ensine, que me faça pensar. Quero alguém fora do normal, extraordinário, surpreendente. Quero alguém que cante para mim, como um grilo avisando: estou aqui do seu lado, pertinho do seu coração. Não importa o tempo, quero aqui!

Música de hoje: Nada valgo sin tu amor, do Juanes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas