domingo, 26 de maio de 2013

Andando na contramão

Direção, direção, direção. 
Um volante na minha mão.
Que caminho vou seguir, não sei, não.
Direção, direção, direção.
Batimento infinito no meu coração.
Estou perdido, feito um balão.
Direção, direção, direção.
Sem placa, nem informação.
Ando de ré, na contramão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas