terça-feira, 28 de maio de 2013

Não tem jeito

como eu saberia
dessa dor mal partida
dessa fresta no meu peito
eu nunca esconderia
esse amor que não tem jeito

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas