quarta-feira, 12 de junho de 2013

Saída de emergência

Correntes nas pernas
prendendo o caminho,
impedindo a andança,
matando no ninho
a liberdade de outrora,
que tinha quando criança.
Só não conseguem prender
o olhar amarrando.
Ainda que sem amor,
sem mais nada pra viver,
o olhar sai do corpo
em busca do horizonte:
saída de emergência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas