sábado, 29 de maio de 2010

Dúvidas...

Com uma estranha clareza

Sinto a vida passando.

E com uma clara estranheza

Passo a vida sentindo.


Passo pelos caminhos,

Passo pelas pessoas.

Sinto a vida

E tudo mudando.


Sentimentos de alegria, tristeza,

Dúvidas, incerteza.

O certo é errado.

E tudo parado.

O nada fechado.

E tudo calado.


****

Ai, dá uma preguicinha de escrever, que resolvi postar uma poesia.

3 comentários:

  1. Você é pura poesia, menino!
    Adorei...
    Fique com preguiça não...
    Te amo

    ResponderExcluir
  2. Poesia Linda Will!
    De quem é?
    É sua?

    ResponderExcluir
  3. Oi, Thi.
    É minha, sim.
    Valeu pela visita.
    Abraços.

    ResponderExcluir

Páginas