domingo, 8 de setembro de 2013

Impedido

Fechando o cerco, fechando a cerca do meu coração. Fechando o sinal, ninguém mais passa, fica tudo parado, congestionado no meu coração. Fechando a porta, fechando a janela, ninguém mais vê o sol sobre a passarela do meu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas